A lenda de São Cipriano  – O Mago.

São Cipriano, conhecido por ser um mago se canonizou e tornou-se um célebre homem, hoje relembrado todo dia 02 de outubro por seus fiéis. São Cipriano, foi um jovem cristão que se dedicou a uma vida humilde e, boa parte dela, as conhecimentos naturais e ciências ocultas. Sua conversão deu-se por conta de uma jovem que conheceu, chamada Justina (também Santa, nos dias de hoje).

São Cipriano foi muito conhecido por, em sua época de ocultismo, ter lançado um livro que referenciava inúmeros rituais e magias, que se espalharam nos confins do mundo.

A História de São Cipriano

Cipriano costumava viajar para muitos países a procura de novos conhecimentos. Antes de se tornar cristão, São Cipriano viajou para Egito, Babilônia e Grécia. Em especial, na Grécia, encontrou uma ocultista chamada Évora, com quem intensificou todos os seus conhecimentos referentes as suas crenças.

Com idade avançada, Évora morreu e deixou todos seus manuscritos para São Cipriano. Dedicando-se ai da mais intensamente aos seus estudos do ocultismo, se tornou um feiticeiro muito conhecido e respeitado. Sendo, por isso, conhecido hoje como O Mago.

A Conversão de São Cipriano a vida Cristã

Como comentamos acima, o principal motivo de São Cipriano se converter a vida cristã, foi sua amada Justina. Esta, de antemão havia se convertido após ouvir uma pregação de um diácono, chamado Prailo. A partir deste dia, Justina se dedicou ao cristianismo.

Possui do inúmeros pretendentes, havia um em especial, a quem Justina havia rejeitado. Não satisfeito, este pretendente recorreu a um sábio Mago, mais conhecido hoje como São Cipriano.

Todavia, mesmo sendo um Mago poderoso e renomado, seus podres não funcionavam em Justina. Ela, deveria sucumbir ao poder de Cipriano, para deixar sua castidade e se entregar ao pretendente que havia rejeitado. São Cipriano, percebendo a ineficácia de seus poderes sobre a donzela, percebeu que eram superficiais comparados aos poderes do próprio Deus.

Desiludido com seus antigos ocultismos, São Cipriano escreveu um libro chamado A Confissão de Cipriano. Nele, o autor relata todos os domínios e feitiços aplicados no ocultismo e como ele se converteu ao cristianismo, se tornando o que chamamos hoje de São Cipriano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *