Conheça a maravilhosa História de São Francisco

São Francisco de Assis nascido da cidade de Assis (Itália), do ano de 1182. São Francisco era filho de Pedro Bernardone, um comerciante muito rico em sua época. Quando jovem, Francisco esbanjava de muito dinheiro, porém, como dizia São Boaventura, ele nunca se deixou levar pelas coisas mundanas.

A história de são Francisco

Em sua juventude, São Francisco passou por tempos de guerras que ocorriam entre sua cidade e Perugia. Quando se alistou para servir, infelizmente acabou adoecendo e não pôde lutar. Em meio aos dias de sua enfermidade São Francisco foi visitado por um Ser sobrenatural. Com sua voz angelical, o Ser pediu para que ele “servisse ao amor e ao Servo”.

Esse foi o índice para que São Francisco servisse ao reino, vendendo todos os seus bens, baseado em uma passagem da Bíblia, onde contava a história de um homem que fez o mesmo para comprar uma “pedra preciosa”. No caso, essa foi a metáfora perfeita para vender suas coisas para o reino de Deus, que era o bem mais precioso que se poderia desejar.

Seu ministério estava apenas começando. Há relatos de que São Francisco visitava enfermos e pobres e os beijava para abençoar lhes. Vencendo suas vontades da carne, que movem os homens a continuar suas vidas sem entregar suas vidas a Deus. Agora São Francisco era movido pelo Espírito Santo e fazia suas boas obras para com o mundo.

Ao invés de buscar riquezas, São Francisco decidiu viver sua vida na humildade e viver para os pobres, presenteava-lhes com suas roupas e com o dinheiro que possuía consigo.

Conheça a oração destinada ao Santo:

“Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.

Onde houver ódio, que eu leve o amor;

Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;

Onde houver discórdia, que eu leve a união;

Onde houver dúvida, que eu leve a fé;

Onde houver erro, que eu leve a verdade;

Onde houver desespero, que eu leve a esperança;

Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;

Onde houver trevas, que eu leve a luz.

Ó Mestre, fazei que eu procure mais

Consolar, que ser consolado;

Compreender, que ser compreendido;

Amar, que ser amado.

Pois, é dando que se recebe,

é perdoando que se é perdoado,

e é morrendo que se vive para a vida eterna.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *